Colunas

O que há por trás de talentos como Sage Northcutt e Conor McGregor?


O que há por trás do mito de Conor McGregor e Sage Northcutt? O que os faz tão especiais, que antes mesmo de estrearem no maior palco de MMA do mundo já despertavam interesse de todos? Um era chamado de sensação antes mesmo de estrear no UFC, após se tornar o primeiro irlandes a vencer no octogono em 2013 na Suécia em uma ascensão meteorica e agora pouco mais de 2 anos depois já detém um cinturão interino e causa arrepio em toda sua divisão. O outro: Sage Northcutt, aparentemente, mais um rosto bonito (sic) com físico invejável, comparado por Kenny Florian à George St-Pierre: Com um ano apenas um ano no Mundo do MMA ele já chegou no maior palco das lutas, ao mais alto nível. É um atleta completo, só de vista, o jeito como se comporta. diz o ex-lutador e agora comentarista Kenny Florian.

11

Sage Northcutt foi descoberto por Dana White enquanto gravava um episódio piloto do programa Em busca de uma luta” que está no ar pelo Canal Combate, nele o chefão do Ultimate volta as suas raízes de promotor de Boxe, quando garimpava novos talentos, época que ainda tinha cabelo e um pouco menos de dinheiro no bolso. É engraçado como ele olhava a foto de Sage, e junto com Matt Serra tiravam sarro do seu estilo, mas ao verem finalizar seu oponente em poucos segundos foi o bastante, no fim do evento Dana foi ao vestiário e fechou contrato alí mesmo, pouco tempo depois fez sua estréia no UFC 192 em Houston Texas. A luta? Outro nocaute relâmpago mostrando uma enorme confiança em cada golpe desferido.

Aos 9 anos de idade Sage, foi capa da revista Sport Karate, quando foi entrevistado o perguntaram quais eram seus planos para o futuro, eu quero lutar no UFC e ser um campeão”. Seu primeiro objetivo foi alcançado agora falta saber enquanto tempo terá um cinturão!

Dois anos atrás Dana, foi a Dublin receber um prêmio na Trinity College, enquanto esteve na capital foi bombardeado de ‘tweets’ de fãs locais falando sobre um espetacular lutador; Conor McGregor. Em seu retorno aos Estados Unidos perguntou aos seus matchmakers sobre o garoto, apenas algumas lutas amadoras, não parecia nada demais ainda curioso o convidou para uma visita ao deserto, mais conhecido como Las Vegas e o levou para uma volta em sua Ferrari. Pouco depois estava assinando seu contrato de cinco lutas no UFC, antes mesmo de o vê-lo lutar. Conor McGregor é o cara, ele é foda mesmo. De um jeito como nunca vi antes. Maior que Brock Lesnar quando estava aqui. Maior que qualquer outro cara que eu já tive. Nunca vi nada como isso” disse Dana, vislumbrando mares de dinheiro, ao ver o Irlândes nocauteando Dustin Poirier em apenas um round no UFC 178.

McGregor assim como Sage já perderam uma luta, não são invictos no MMA. Eles sabem o gosto da derrota. Lá no ano de 2010, em sua sexta luta, contra Joseph Duffy, McGregor foi nocauteado em 38 segundos e isso foi um choque para ele, bateu antes mesmo de perder a consciência, um dos grandes arrependimentos de sua carreira. Aquilo me comeu vivo” disse ele. Após isso, eu disse a mim mesmo, vou lutar até a morte, você terá que me matar. Sage, foi derrotado logo em sua estréia no MMA amador, foi nocauteado por Charles Sheppard no Legacy Amateour Series 11 em 2013, ano em que o Irlandês estreava no Ultimate.

Conor McGregor e Sage Northcut, dois estilos diferentes, duas personalidades completamente opostas. Um é falastrão, chega a ser arrogante o outro calmo e tranquilo, como se pensasse antes de falar qualquer coisa para não soar arrogante. Trash talk? Smack talk? Esses termos americanos me fazem rir. Eu simplesmente digo a verdade. Eu sou irlandes. Nós não ligamos para sentimentos. Dizemos a verdade. As pessoas me perguntam e eu respondo, eu as digo a verdade.” finalizou o lutador a revista Esquire.

Torne-se um colaborador do Pós-Luta, ajude-nos a crescer e tenha seu nome no site. Conheça os benefícios de ser um colaborador. APOIA.SE!