Artigos

UFC São Paulo – Ultimate Media Day


O ‘Media Day’ é o evento que precede a pesagem oficial do UFC, onde jornalistas tem a chance de conversar com os atletas sobre suas expectativas, estratégias ou apenas um extra – qualquer coisa que queiram dizer. Em seguida uma rápida encarada para os fotógrafos com Joe Carr, Vice Presidente Internacional do UFC ao centro, para que nada aconteça. Foi num Media Day que Jon Jones e Daniel Cormier tiveram uma briga épica, quase rolando no chão. Portanto, as expectativas para o que estar por vir começaram hoje, quinta-feira (17), há dois dias das lutas.

Num formato que se aproxima do que fazem no Super Bowl Media Day – Ok, nem tanto, pois esse evento do Super Bowl é quase um show à parte, sendo até mesmo televisionado ao vivo. Mas num formato único que é usado desde o UFC 169, onde os atletas ficam sentados num banco alto e em lados opostos aos seus adversários, dando liberdade a imprensa de interagir e falar com quem quiser e a hora que quiser. Para os atletas chega a ser tedioso e cansativo, responder as mesmas perguntas durante a semana toda mas é parte das obrigações para divulgação do evento.

Simpática, Gadelha foi a última a chegar e contou sobre sua mudança em definitivo aos EUA: “Eu acho que me tornei mais profissional, passei a fazer as coisas do jeito certo que precisava fazer, aqui no Brasil eu ficava muito estressada, tinha muitas preocupações e lá (EUA) eu pude ficar oito semanas focada só na minha luta, no meu camp, eu acho que isso faz muita diferença no final.”.  Sobre a pesagem ela garante estar bem e com tudo sob controle, com auxílio de seu médico Dr. Felipe Pereira: “Estou muito bem, acho que essa é melhor perda de peso da minha vida, faltando 1,5kg para bater o peso e antigamente nas minhas outras lutas nessa fase – dois dias antes da luta eu ficava com seis quilos acima. E isso vai fazer diferença na luta pois não estou desidratando e levando meu corpo ao desgaste.”.

“Eu acho que me tornei mais profissional, passei a fazer as coisas do jeito certo que precisava fazer, aqui no Brasil eu ficava muito estressada, tinha muitas preocupações e lá (EUA) eu pude ficar oito semanas focada só na minha luta, no meu camp, eu acho que isso faz muita diferença no final.”

O próximo compromisso dos atletas é a pesagem oficial que será realizado na manhã de sexta-feira ainda no Hotel em que estão hospedados; onde duas balanças serão usadas uma para checar o peso e a outra oficial que marcará o peso definitivo. Ao final da tarde a pesagem para o publico geral e televisão será no Ginásio do Ibirapuera, local do evento.

img_0558

Torne-se um colaborador do Pós-Luta, ajude-nos a crescer e tenha seu nome no site. Conheça os benefícios de ser um colaborador. APOIA.SE!