Colunas

A origem do octógono


É quase uma tradição no começo de toda semana que antecede um UFC, Dana White decreta em suas redes sociais “Fiiiiiight weeeeeek!!!!” assim mesmo com muitas letras e as vezes em letras maiúsculas, como se fosse uma criança, mal contendo sua empolgação. No mesmo dia staffs e contratados do UFC se deslocam de várias partes do Mundo para organizar o cenário do espetáculo. Com poucos dias o octógono está devidamente montado e pronto para receber os gladiadores do novo milênio — parafraseando Galvão Bueno. Após o evento tão rápido quanto é montado ele é desmontado. Poucos minutos após a vitória de Ryan Bader sobre Minotouro, em São Paulo, funcionários corriam por todos os lados desmontando e guardando tudo, o processo varou a madrugada. Na semana seguinte o UFC iria para Melbourne, Australia, do outro lado do globo.

Medindo 32 metros de diâmetro, 6 de altura e 750 metros quadrados, o octógono foi criado com a segurança dos lutadores em mente. Bom, pelo menos é isso que se diz oficialmente, mas a verdadeira história de como surgiu esse cenário de batalhas épicas é inconclusivo. Tão rápido quanto ele é montado nas arenas do Mundo ele foi criado, saindo do papel semanas antes do UFC 1 em 1993.

6-1Sobre o local das lutas, Rorion tinha sua opinião definida. Por muitas vezes ele me disse que não se importava o que usássemos, contanto que não seja um ringue de boxe. Rorion já tinha lutado em um, e já havia visto eles serem usados em eventos de vale-tudo no Brasil, incluindo um com seu pai e irmão Rickson. Na opinião de Rorion, eles não funcionavam quando havia uma luta agarrada. Rorion sabia que em um ringue de boxe um lutador de chão poderia escorregar pelas laterais buscando uma saída, ou se segurando nas acordas para evitar uma queda. Fazia muito sentido. Queriamos uma luta intensa, não amarração.” relembra Art Davie, co-fundador do UFC. Até mesmo estudantes da famosa Grace Academy, compartilhavam suas ideias sobre o cenário ideal: “Rorion e eu trocávamos algumas ideias em sua academia e então um de seus estudantes propôs algo chamado ‘o Cage da Morte`. O cara me deu suas anotações e um esboço. Vendo no papel eu até gosto mais do Cage da Morte. Mas isso iria requerer muita precisão, coordenação e engenharia, o que não poderíamos ter.” diz Art.

O único consenso de todos, na criação do octógono é que, de fato, o diretor de Arte: Jason Cusson fabricou o cenário. Cusson diz que sua inspiração para o Octógono foi o filme homônimo de Chuck Norris. “Harrison — Greg Harrison, designer — e eu trabalhamos juntos (…) e eu disse ‘Que tal octógono? Tem esse filme do Chuck Norris, de artes marciais saindo…’ foi simples assim. Greg foi quem projetou mas a ideia veio de mim.” se vangloria Cusson.

Art Davie, influenciado pelo cineasta John Milius (conhecido pelo filme Conan, o Bárbaro), tinha uma imaginação mais fértil ou apenas enxergava o que viria a ser o octógono como algo cinematográfico, algo nunca antes visto. Uma de suas ideas que chegaram a ir para um esboço foi um tatame circular que seria cercado por painéis eletrificados que dariam um leve choque, segundo Art isso faria o lutador a desistir da ideia de fugir da luta. Sua outra ideia — não menos bizarra, era um tatame cercado por um fosso cheio de água, com tubarões ou piranhas. Novamente um incentivo para ambos os lutadores.

8-1Em 1993, cartazes que circulavam em revistas e até academias diziam que os lutadores competiriam em tablado projetado pelo famoso diretor John Milius. Para o produtor da SEG (pioneira de eventos PPV e parceira do UFC) Michael Pillot, Art consultou Milius, mas suas ideias eram inviáveis. Em seu lado da história — e o mais aceito — Pilot, diz que semanas antes do evento ele se encontrou com Greg Harrison em um evento de premiação da MTV (os dois haviam trabalhado juntos com Will Smith) e confiou a ele o projeto. “O principal problema que eu encontrei foi criar algo que seja bom para todas as artes marciais e para a TV. Precisava além de conter os lutadores, protejer os operadores de câmera. Pillot me disse que teria diferentes tipos de atletas, incluíndo lutadores de Sumo. Então fiz uma dezena de designes. É interessante que todas as pessoas que dizem ter concebido o Octógono não são designers, mesmo assim dizem ter criado o design octogonal.” revela Harrison.

Finalizado e aprovado o design pela SEG, o projeto foi levado a Cusson, que teve a tarefa de fabricá-lo. Ele terminou em duas semanas usando tábuas de madeira para estrutura. “Nós tinham um grande galpão no centro de Los Angeles, nos montamos e desmontamos tudo em partes para que fosse mais fácil juntá-lo novamente.” diz Cusson. O tablado era todo branco e foi pintado por um artista freelancer. Tudo isso foi levado à Denver no Colorado para ser examinado por Pillot e a SEG.

Assim, o primeiro cage no formato octagonal foi construído e montado na Arena McNichols Sports em Novembro de 1993 para o histórico UFC 1. “O local onde seria o combate, foi desempacotado e em seguida montado no chão da arena naquela mesma manhã. Os ajustes ainda estavam sendo feitos e quando eu o vi pela primeira vez, fiquei realmente sem palavras. Tão bom quanto o esboço feito por Harrison, eu senti que essa incrível combinação de arte e engenharia foi ainda mais impressionante ao vivo. Um octagonal de nove metros envolto por estofamento cinza, a tela-metálica coberta de plástico preto, a lona branca com nosso proeminente logo ao centro — tudo combinando para alcançar um equilíbrio entre o primitivo e futurista.” conta Art Davie.

Independente de quem foi o responsável pela criação do octógono, ele foi patenteado em 1997 pelo UFC, revolucionou o Mundo das Artes Marciais; os ângulos evitam que os lutadores fiquem presos em um canto sem saída. No Octógono nenhuma disciplina das artes marciais tem vantagem. E o espectador tem visão perfeita seja assistindo numa arena ou pela televisão.

Torne-se um colaborador do Pós-Luta, ajude-nos a crescer e tenha seu nome no site. Conheça os benefícios de ser um colaborador. APOIA.SE!